Advertisement
11/07/2021 Por Pedro Penna Peres 0

São Paulo vence Bahia e engata sequência positiva no Brasileirão

Depois de vencer pela primeira vez no campeonato brasileiro, o time do São Paulo, em um jogo truncado, conquistou sua segunda vitória consecutiva neste sábado (10), jogando em casa contra o Bahia, aliviando grande parte da torcida ao se distanciar de vez da tão temida zona de rebaixamento.

Procurando poupar o time e resguardar jogadores frágeis e fundamentais para o funcionamento do São Paulo, Hernan Crespo optou por uma escalação mista, com apenas 5 titulares, sendo destes os 5 atuantes do meio pra trás. 

O foco na defesa deu certo, conseguimos anular o efetivo ataque do Bahia, que detém o artilheiros competição, Gilberto, ex São Paulo. Entretanto, não pode se dizer o mesmo do ataque, que falhou miseravelmente durante o jogo inteiro.

O primeiro tempo foi, facilmente, um dos mais frios da equipe tricolor paulista até agora no campeonato brasileiro, nenhuma das equipes finalizavam, e quando chegavam ao ataque, de nada adiantava. A chance mais perigosa pré-intervalo veio do time nordestino, que chutou livre do meio da rua e acertou em cheio o travessão de Volpi. 

A defesa não era exigida, o meio campo não articulava, e o ataque raramente tinha a bola em seus pés, porém quanto tinha, Vitor Bueno e Pablo desperdiçavam qualquer possível chance de gol. Jogadas pelas laterais com Reinaldo e Igor Vinicius também foram forçadas, porém com péssimos cruzamentos de ambas as alas, nada ocorreu.

No segundo tempo, entretanto, o time entrou mais ligado, indo pra cima, buscando jogo e correndo atrás da vitória, que só veio aos 92 minutos, com um cruzamento certeiro de Reinaldo que achou Liziero sozinho na área, onde cabeceou sem dificuldades para o fundo da rede.

A defesa não foi exigida, o meio campo tentou, mas a maioria das chances acabavam aos pés de Pablo e Vitor Bueno. Com a entrada de Igor Gomes e Benítez a equipe funcionou melhor, porém o atacante/lateral ( que jogou na ala ) da vez, responsável pela perda de gols, foi Galeano, que chutou, dentro da pequena área, uma bola em cima do goleiro. A oportunidade dada a Marquinhos e Talles Costa, poucas vezes utilizados por Crespo, foi bem utilizada pelos jovens, que fizeram partidas consistentes ( mesmo que um entrando e outro saindo na metade do segundo tempo ) e devem ser reaproveitados no futuro.

Sobretudo, é importante destacar que as últimas duas vitórias, em conjunto, aliviam a pressão dentro do vestiário, tranquilizam o torcedor (que temia um improvável crise geral no clube) e traz confiança para a primeira partida das oitavas de final da libertadores, que será disputada na próxima terça feira (14) as 21:30 em nossa casa, o Morumbi.

Foto: Rummens