Advertisement
08/07/2021 Por Pedro Penna Peres 0

Internacional 0 x 2 São Paulo (Notas + Análise individual)

Confira as avaliações dos jogadores que atuaram na vitória do Tricolor Paulista diante do Internacional, pelo Campeonato Brasileiro

Volpi: 7 – com duas defesas, sendo uma delas difícil e crucial para o momento do jogo, fez uma partida sólida.

Arboleda: 7 – sendo o primeiro jogo após sua volta da seleção equatoriana, mostrou como sua presença muda o setor defensivo do time, não tomamos gol muito por sua imposição e postura.

Léo: 7 – apesar do cartão amarelo, vem de ótimas atuações e hoje não foi diferente, performance individual com poucos erros

Bruno Alves: 6 – lesionou, tomou amarelo, porém parou bem o ataque colorado.

Wellington: 7 – para reparar a falta do Reinaldo, foi novamente bem, dando boas opções no ataque, correndo até o fim do jogo e não sendo muito requisitado na defesa, porém acertando quando preciso.

Dani Alves: 7 – seu melhor jogo depois da lesão, errou pouco, acertou ótimos passes em profundidade e anulou o lado direito do Internacional.

Nestor: 5 – individualmente errou muito, mas a ótimo performance da equipe e seu papel no time disfarçam suas falhas, que acima de tudo não foram cruciais.

Luan: 7 – novamente muito regular, roubando bolas e ajeitando o sistema defensivo tricolor após sua volta.

Igor Gomes: 8 – o golaço apenas selou sua ótima performance, com passes de profundidade dando certo, trocas boas de passes, viradas de jogo e participação forte no ataque, entretanto em uma falta desnecessária recebeu um cartão amarelo bem aplicado )

Rigoni: 9 – além do gol ( legal e ilegal ) criou chances, rodou bem a bola e esteve muito presente no jogo )

Éder: 7 – apesar da assistência, deixou a desejar no setor ofensivo, com um gol impedido e chances perdidas ).

Vitor Bueno: 4 – sem acertos, desperdiçou chances no ataque e, novamente, mostrou-se abaixo do que se esperava de quando foi contratado )


Rojas: 4,5 – muitos erros e poucos acertos, perdeu a oportunidade de puxar 2 contra-ataques, além de tocar mal a bola em algumas ocasiões e não abusar da sua principal característica, a velocidade )


Liziero: 5,5 – jogando apenas 15 minutos teve tempo pra provar uma certa regularidade e roubar bolas, além de conduzir bem o meio campo da equipe )


Diego Costa: Sem avaliação, pouco tempo em campo


Talles Costa: Sem avaliação, pouco tempo em campo

Crespo: 6 – o time foi bem em sua volta, porém a impressão que fica é de que foi demérito da defesa do Inter, que entregou muitas oportunidades ( infelizmente desperdiçadas ), se aproximando do São Paulo campeão paulista. A respeito das substituições, negativamente se destaca a persistência na entrada de Vitor Bueno, que vem fazendo péssimas atuações, e se questiona ignorar Benítez, sem ao menos colocar o jogador pós rolar da bola. Diego Costa e Rojas foram por questões médicas a respeito de Bruno Alves e Rigoni que preferiram sair ao arriscar uma piora no desconforto que sentiram. Talles Costa merece mais tempo e sua entrada mostra que deve ser utilizado futuramente na equipe, ponto positivo.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofcnet