Advertisement
11/11/2020 Por Felipe Oliveira 0

Em jogo decisivo, São Paulo enfrenta o Flamengo pela Copa do Brasil

Na noite desta quarta-feira (11), o São Paulo enfrenta o Flamengo, no Maracanã, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A partida será transmitida pela Globo, SporTV e Premiere.

O Tricolor venceu o Goiás no último fim de semana, no Morumbi. Os gols foram marcados por Brenner e Igor Gomes. O São Paulo vem passando por um momento de oscilações, nos últimos jogos, venceu o próprio Flamengo por 4 a 1 e foi eliminado de forma vergonhosa pelo Lanús na Sul-Americana.

O técnico Fernando Diniz vem com alguns desfalques para partida contra a equipe rubro-negra. Além de Walce, Lucas Perri, Liziero, Paulinho e Rojas, que já estavam contundidos, Tchê Tchê (infectado com Covid-19) e Arboleda (convocado pela Seleção Equatoriana) também estarão de fora da decisão.

Pelo lado positivo, Diniz contará com a volta do Daniel Alves, que não jogou a partida contra o Goiás, pois estava suspenso pelo terceiro amarelo.

A provável escalação do São Paulo para esta partida é: Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes; Brenner e Luciano.

Já equipe carioca, vem passando por um momento de muita instabilidade. Nas últimas duas partidas pelo Brasileirão, a equipe sofreu oito gols e fez apenas um. A má fase da equipe da Gávea, levou a demissão do técnico Domènec Torrent e a contratação do técnico Rogério Ceni, que é para muitos o maior ídolo da história do São Paulo.

A ida do “Mito”, apelido da torcida são paulina para o ex-goleiro, para o Flamengo, gerou revolta e tristeza por parte da torcida tricolor, subindo até a tag “#FechadoComODiniz”, para apoiar o atual técnico são paulino. Rogério Ceni foi anunciado na última manhã e já estará no banco de reservas do Flamengo nesta quarta-feira.

A provável escalação do Flamengo para esta partida é: Hugo Souza (Diego Alves); Matheuzinho, Natan e Léo Pereira (Gustavo Henrique) e Renê; Willian Arão, Thiago Maia, Gerson e Vitinho; Bruno Henrique e Gabigol.

Foto: Jorge Rodrigues / AGIF